Ads 330x60px

Subscribe:

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Resenha: Confissões de um turista profissional - Kiko Nogueira

Confissões de um turista profissional. (Skoob)
Autor: Kiko Nogueira
Editora: Novo conceito
Páginas: 94
Onde Comprar: Submarino.


Sinopse do Skoob: Apesar de Kiko e Jota Pinto se parecerem um pouco fisicamente e andarem tão juntos que já são quase uma coisa só (os dois tem a mania insuportável de fazer uma vozinha macabra e fina que geme histericamente quando alguém conta algo tedioso), a maneira como conheci o primeiro é completamente diferente da maneira como conheci o segundo. O Kiko, eu conheci num bar da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é primo de um amigo do amigo de um ex-namorado meu, que na época não era nada meu e nem estava na mesa porque eu ainda namorava o primo dele, que não era amigo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Kiko se interessou em ler alguma coisa, daí mandei alguns textos e ele adorou. Começamos a trocar uns e-mails e nunca mais paramos. Hoje temos uma linda amizade. (intelectual, espiritual, fraternal) e um dá muita força pro outro: ele publica tudo o que eu escrevo e eu falo que ele aparenta ter 28 anos. Já com o Jota Pinto a coisa se “deu” completamente diferente. Nós nos conhecemos numa balada da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é amigo de um primo do amigo de um ex-amigo meu, que na época era namorado, mas que nem estava na mesa porque eu o estava chifrando com o seu melhor amigo, que não era primo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Jota Pinto se interessou em ler alguma coisa, daí mandei um material e ele achou tudo uma grande droga. Começamos a trocar uns e-mails nos xingando e nunca mais paramos. Hoje nutrimos um ódio especial um pelo outro (intelectual, espiritual, fraternal) e no que podemos atrapalhar a vida um do outro, atrapalhamos: ele não publica quase nada do que eu escrevo e eu simplesmente falo a verdade.

Depois dessa sinopse (jumbo) retirada do skoob vamos ao comentários.
O livro conta em 37 crônicas, super bem humoradas, tudo aquilo que você não encontraria em um guia normal de turismo. As crônicas são bem curtinhas, isso faz com que não sejam cansativas e não percam a veia humorística. O livro tem histórias (se é que isso pode ser chamado de "histórias") de viagens desde o nordeste brasileiro até países da Europa.

Em certos momentos do livro podemos encontrar algumas criticas sociais feitas pelo autor. E é claro, o sarcasmo rola solto. Talvez seja isso que deixe o livro bem humorado. Todas as crônicas se iniciam com uma ilustração do tema abordado. Super criativo.

A crônica que mais gostei tem o título "Ráu Mãtch". Que resumindo em poucas palavras conta que durante o Pan Americano do Rio de Janeiro o governo teria investido em cursos de inglês para prostitutas (O.o). Afinal em épocas de muitos americanos nas terra Tupiniquins devemos diversificar a nossa "língua" para que possamos atender bem todos os nossos visitantes!!!

Super indicado. Me diverti bastante com a leitura!


 Gente espero que tenham gostado. Semana que vem tem mais, ah não deixe de comentar, a sua opinião é mega importante!!! Um grande beijo a todos!!!

5 comentários:

Ana Ferreira disse...

Pablo,

Só por esses seus comentários dá para notar que as crônicas devem levar boas doses de sarcasmo. Recebi o livro da editora e dei uma rápida folheada nele, concluindo que deve ser uma leitura interessante, com relatos turísticos bem-humorados para passar o tempo, como você mesmo classificou.

Agora, polêmica essa história das prostitutas, heim? Não sei se acredito...

Beijos,
Ana - Na Parede do Quarto

Nicholas disse...

Oi Pablo!
Também recebi esse livro, mas ainda n o li (apesar de ser super fininho), me falta tempo.
O livro parece ser bem interessante e divertido. Gosto muito de crônicas, mas admito que não leio muitas, mas nada pessoal.
Espero gostar deste livro tanto quanto vc :D
abraço,
tudo por um livro.

Jacqueline Braga disse...

A primeira vez que vi o anuncio desse livro, pensei se tratar de um livro de humor, mas li tantas resenhas negativas....
bjos

Jack
www.mybooklit.blogspot.com

Juh** disse...

Oi Pablo!
Eu recebi este livro tbm, e de tão pequeno vai ser a próxima leitura. Mas confesso que não é meu estilo não rs...

Beijos
Livros e blablablá

L.F.Matos disse...

"...durante o Pan Americano do Rio de Janeiro o governo teria investido em cursos de inglês para prostitutas."
HAUSahsuahsAUSausHAUHa Ri litros com esse quote!
CremDeusPai! hehhehhuashAHUHAUS
É bem fino, né? Nunca tinha ouvido falar dele, e nunca imaginaria que fosse da NC!
Bela resenha!
- Luiz Felipe Matos
@LFelipeMatos

Postar um comentário