Ads 330x60px

Subscribe:

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Resenha: Eu sou o número Quatro - Pittacus Lore


Eu Sou o Número Quatro (Skoob)
Autor (a): Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
Páginas: 350
Onde Comprar: Submarino, Saraiva.

"Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos — mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O Número Um foi capturado na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo."

Nove de nós escapara...
O Número UM
Foi morto na Malásia.
O Número DOIS
Foi assassinado na Inglaterra
O Número TRÊS
Foi perseguido e capturado no Quênia.
Antes de ira atrás dos outros, eles virão atrás de mim...
Eu sou o Número QUATRO.

Eu sou o número quatro foi outro livro que eu li durante as férias e acabei esquecendo de fazer a resenha dele, mas como foi um livro que eu adorei eu vou usar aquele mesmo esquema da resenha de O Herói Perdido. Usarei a sinopse oficial, até porque não lembraria tantos de detalhes para fazer uma sinopse personalizada.

John é um garoto de um planeta mais avançado que o nosso, mas que foi destruído. Com esperanças de que pudessem salvar um ultimo traço do seu povo os Lorienos mandaram nove crianças para a terra. Cada criança tem um protetor, uma arca e vários legados (poderes) que eles vão descobrindo conforme a evolução do seu treinamento. Os Mogadores também vem à terra para destruir as últimas crianças de Loren, mas eles só podem matar os lorens de acordo com o seu número. Os três primeiros já foram, John é o número 4.

John vive se mudando com Harry, seu protetor e “pai” para todos os terráqueos. Sempre em cidades pequenas, para que não chamem muita atenção. Na nova cidade John começa a estudar e conhece Sara e Sam. Sara torna-se a menina dos olhos de John enquanto Sam vira o seu melhor amigo obcecado por aliens e teorias de conspiração. Sara é até legal, mas quem eu mais me identifiquei foi o Sam. O garoto é o típico amigo para todas as horas, sem falar que é divertido e engraçado.

Outra personagem bem legal é a “Seis”. Outra Loriena que irá ajudar John na batalha contra os mogadores. O livro é repleto de ação e a narrativa do autor faz com que devoremos uma página mais rápido do que a outra só para sabermos logo o final. Eu sou o número quatro é aquele livro que queremos acabar logo por curiosidade, mas ficamos tristes quando o livro acaba.

O Filme é muito legal, recomendo que vocês assistam independente de lerem ou não o livro. O segundo livro já foi lançado, intitulado “O Poder dos Seis”. Ainda não comprei, mas to doido para ler. Aqui no Brasil a série é lançada pela editora Intrínseca.

Resumindo: Um livro voltado para os jovens, mas que agrada a todas as idades. Super indicado!



Um comentário:

Effy disse...

Ei Pablo ^^
Eu adorei o livro, e pude ler antes de ver o filme, não deu tempo de ver no cinema, pois já tinha saído de cartaz. A história é ótima e bem narrada. Estou doida, até hoje pra ler a continuação. Esse foi o primeiro livro que fiz promo lá no blog, isso a gente nunca esquece rsrs
E o filme, tão bom quanto o livro, fiquei triste pq eles mudaram umas coisinhas que acho que ficaria muito bom ver no filme. Mais ainda sim o filme é ótimo.

Beijos :D

Postar um comentário